Artigos de setembro, 2008

set 30 2008

A relação hierárquica e harmoniosa de elementos de encenação

Publicado por em Teatro

A encenação não é sempre a união de todas as artes, como na tragédia grega ou na ópera, mas uma justa relação hierárquica entre os diferentes meios de expressão. O elemento primeiro e fundamental é o ator, pois sem ele o drama não existirá. É sua ação que deverá modelar o espaço teatral em torno […]

2 comentários

set 24 2008

A exatidão e a inabalável certeza bachiana

Publicado por em Teatro

Considerando o aspecto matemático da obra de Johann Sebastian Bach e seu poder lírico e transcendental, a Paixão segundo São Mateus não parece ser a obra que mais facilmente inspiraria uma revolução criativa (cênica, sobretudo) como a que atingiu o encenador Gordon Craig, que foi quem criou os cenários e dirigiu o espetáculo. Se, por […]

Nenhum comentário

set 18 2008

A ousadia de Wieland Wagner

Publicado por em Música

Wieland Wagner era neto do compositor Richard Wagner e após a Segunda Guerra Mundial conseguiu autorização das tropas de ocupação na Alemanha, para reabrir o Festival de Bayreuth e encenar novamente as óperas de seu avô. Foi uma longa luta de cerca de oito anos para a reabertura de Bayreuth que tinha sido durante o […]

Um comentário

set 16 2008

Bob Wilson e seu teatro de “visões”

Publicado por em Teatro

Peer Gyant 1. Direção de Bob Wilson Poeta plástico, cenográfico (gráfico – que pratica o teatro com todos os elementos visuais criados por ele mesmo e mais os seus elementos sonoros). É um teatro feito de “visões” que transcorrem lentamente, com propostas insólitas, belas e poéticas. Tais visões desafiam nosso tempo interior e nos conduzem […]

3 comentários

set 09 2008

O batismo de Gordon Graig em Moscou

Publicado por em Teatro

Foi Isadora Duncan quem recomendou um homem do teatro que ela amava, a Stanislavsky, Diretor do Teatro de Arte de Moscou. Gordon Craig, o ator inglês, filho de uma atriz, Ellen Terry. Ele havia representado sete vezes na Inglaterra, o Hamlet de Shakespeare. Com tal recomendação, não pelo que já havia realizado, mas pela credibilidade […]

2 comentários

set 03 2008

O teatro de Louis Jouvet

Publicado por em Teatro

É sempre Louis Jouvet, diretor teatral mais sábio que erudito e excelente ator do teatro francês, quem nos revela o teatro. São inúmeros seus ditos transformados em citações constantes pelos homens do palco. É dele a afirmação de que os homens do palco são servos da imaginação do poeta e prestam o serviço mais nobre […]

Um comentário