out 16 2008

Theatrum Sacrum: a apoteose da alma pela arte Barroca

Publicado por às 17:08 em Teatro

Arte barroca mineira de Ataíde – Igreja de São Francisco de Assis

O Barroco pretende a alma em apoteose. Apesar de ser o Barroco uma idéia pré-concebida em um Concílio da Igreja Romana, ele se conserva como forma ideal para os artistas de sempre, os que acreditam ter a existência humana apenas uma finalidade: glorificar a Deus. Barroco é a forma sujeita às curvas que deformam e exaltam, aspiram e se destinam aos céus.

Ganhamos o barroco no Brasil através de rabiscos e informações de oitiva que chegaram até os nossos gênios plásticos que o instituíram em nossa história da arte. Nosso barroco tem um signo de importação de idéias aclimatadas, mas com o indisfarçável gênio da terra.

Não observando mais as regras rígidas do Renascimento, o Barroco passa a representar os aspectos emocionais e o sentimento religioso. O Barroco abandona as linhas retas e busca o dinamismo de curvas e contracurvas, procura a verticalidade ou subidas e volutas e passa a unir num só conjunto, a arquitetura, a escultura e a pintura, com um resultado total decorativo. Em resumo, cria o pictórico em três dimensões. Essa fusão de escultura e pintura integradas à arquitetura foi chamada de Theatrum Sacrum, Teatro Sacro.

Por Cyro del Nero

2 comentários

2 comentários to “Theatrum Sacrum: a apoteose da alma pela arte Barroca”

  1. […] o artigo completo no blog do Cyro del Nero. […]

  2. MARILEUZA VITORINO LOPESon 25 set 2009 at 2:24

    ESSAS ARTES SÃO MUITO INTERESSANTES!!!!!!!!!!!!1

Trackback URI | Comments RSS

Deixe um comentário